Fheluany Nogueira

Expressão da alma e da liberdade!

2020

           Era pouco depois do jantar. H olhou a lua, da varanda, abriu um sorriso. Passava um bando de drones, quase superpostos, laminados, faiscando. Os meninos, sentados na mureta, ocupados com os jogos nos celulares, nem olharam para o espaço. O barulho sibilante somente lhes coçava os ouvidos.

          H voltou para dentro, pegou o tablete. O noticiário anunciava a próxima Guerra dali a sete minutos. A batalha não seria transmitida; era um país montanhoso, cheio de cavernas e grotas… Balançou a cabeça, esticou os braços; seria uma noite monótona.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 6 de fevereiro de 2017 por .

Navegação

Posts recentes

Comentários

iolandinhapinheiro em Degrau que Estala

Categorias

%d blogueiros gostam disto: